Brazil is guest of honor at the 2019 Global Tourism Economy Forum

0
33
Representative of Brazil, Rafael Luisi speaks at the closing ceremony of the 2018 edition of the world forum. Photo: Press Release GTEF 2018

2019 Global Tourism Economy Forum in China will have two South American countries highlighted: Brazil and Argentina

Brazil, on a solemn occasion with world tourism leaders in Macau held on the 24th, was invited by the organisers of the 2019 Global Forum of Tourism Economics (GTEF) as a guest country of honor, to be held from October 22 to 24 next year. The head of International Relations of the Ministry of Tourism, Rafael Luisi, represented the country at the closing ceremony of the 2018 edition of the event.

Brazil will share the prominent position of the 2019 forum with Argentina. Together, the South American countries succeed one of the most vibrant economies in the world, the European Union, honored guest of the 2018 edition of the event. “It is our commitment to strengthen, through tourism, closer ties with Brazil’s largest trading partner: China. To be in the position of the next edition’s guest of honor is more than an honor, it is a great responsibility,” said Rafael Luisi.

The moment symbolizes the strengthening of bilateral relations in tourism between Brazil and China. In a meeting with the Secretary General of the GTEF, Pansy Ho, to discuss Brazil’s participation in GTEF 2019 in partnership with Argentina, the leader said that he intends to visit the two countries in April next year with a group of entrepreneurs and leaders of the Chinese travel market. “Pansy Ho considers Brazil a nation that has a lot to grow with its relations with China and especially Macau, due to the sharing of the Portuguese language,” said Luisi.

The forum is a high-level influencer for global tourism cooperation. “The Brazilian government understands that being present and doing business with the largest tourist emitter in the world is an extremely strategic measure to consolidate our partnership and increase the presence of Asian travelers in South American tourism,” said the representative of Brazil.

Participating in the event reinforces Brazil’s goal to enter the China Travel market, which moves US $ 250 billion annually into the world economy. Today, of the more than 130 million Chinese who travel around the world every year, just over 60 thousand choose Brazil as a destination, with the main motivations being business tourism and ecotourism.

Source: Brazilian Ministry of Tourism

Brasil é convidado de honra do Fórum Global de Economia do Turismo 2019

Edição 2019 do Global Tourism Economy Forum, na China, terá dois países sulamericanos em destaque: Brasil e Argentina

O Brasil assumiu nesta quarta-feira (24), em solenidade com líderes mundiais de turismo em Macau (China), a cadeira de país convidado de honra do Fórum Global de Economia do Turismo 2019 (GTEF, na sigla em inglês), que será realizado de 22 a 24 de outubro do próximo ano. O chefe de Relações Internacionais do Ministério do Turismo, Rafael Luisi, representou o País na solenidade de encerramento da edição 2018 do evento.

O Brasil divide o posto de destaque do fórum de 2019 com a Argentina. Juntos, os países sul-americanos sucedem uma das mais vibrantes economias do mundo, a União Europeia, convidada de honra da edição 2018 do evento. “É nosso compromisso estreitar, por meio do turismo, ainda mais os laços com o maior parceiro comercial do Brasil: a China. A cadeira de país convidado da próxima edição é mais que uma honra, é uma grande responsabilidade”, ressaltou Rafael Luisi.

O momento simboliza o fortalecimento das relações bilaterais no turismo entre Brasil e China. Em reunião com a secretária geral do GTEF, Pansy Ho, para tratar da participação do Brasil no GTEF 2019 em parceria com a Argentina, a líder afirmou que pretende fazer uma visita aos dois países, em abril do próximo ano, com um grupo de empresários e líderes do mercado de viagens chinês. “Pansy Ho considera o Brasil uma nação que tem muito a crescer com suas relações com a China e em especial com Macau, devido ao compartilhamento da língua portuguesa”, destacou Luisi.

O fórum é um influenciador de alto nível para a cooperação mundial em turismo. “O governo brasileiro entende que estar presente e fazer negócios com o maior emissor de turistas do mundo é uma medida extremamente estratégica para consolidar a nossa parceria e ampliar a presença dos viajantes asiáticos no turismo sulamericano”, disse o representante do Brasil.

A participação no evento reforça a meta do Brasil de entrar de vez no mercado de Viagens da China, que movimenta US$ 250 bilhões anualmente na economia mundial. Hoje, dos mais de 130 milhões de chineses que viajam pelo mundo todo ano, pouco mais de 60 mil escolhem o Brasil como destino, tendo como principais motivações o turismo de negócios e o ecoturismo.

Fonte: Ministério do Turismo