Photo: Elza Fiúza/Arquivo/Agência Brasil

Most of these autonomous professionals are aged between 31 and 40

The number of autonomous professionals in Brazil registered as the so-called individual micro-entrepreneurs—MEI in the original acronym—has reached beyond the 8 million threshold in March, as per website Portal do Empreendedor.

In order for Brazilians to register under MEI, revenues must total no more than $20 thousand a year. Investors are not allowed to be a partner, administrator, or owner of another company, and are only permitted to hire one employee. They are given a firm registration number, with which they may open a bank account, grant loans, and issue receipts.

In March, most Brazilian micro-entrepreneurs were reported to work with clothing (641,346), masonry (358,053), sales (210,669), food (218,946), hairdressing, manicure, and pedicure (66,937).

The majority of entrepreneurs are aged between 31 and 40 (over 2.5 million), followed by those 41 to 50 years old (1.9 million), and 21–30 years of age (1.7 million). Those in the 51–60 years-old age group add up to 1.3 million. The oldest (61 to 70) amount to 446.1 thousand. Individual micro-entrepreneurs aged 16 and 17 are reported to total 575, compared to 69.9 thousand for 18–20 years old.

Source: Agência Brasil

Microempreendedores individuais ultrapassam 8 milhões no país

O número de profissionais autônomos, cadastrados como microempreendedores individuais (MEI), ultrapassa 8 milhões. De acordo com dados do Portal do Empreendedor, no final de março, número de profissionais chegou a 8.154.678.

Para se cadastrar como MEI, é preciso ter faturamento de até R$ 81 mil por ano, não ser sócio, administrador ou titular de outra empresa e ter no máximo um empregado. Como MEI, o microempreendedor tem um CNPJ e pode abrir conta bancária, fazer empréstimos e emitir notas fiscais.

Em julho, a Lei Complementar nº 128/2008, que criou o MEI, completa 10 anos de entrada em vigor.

De acordo com o Portal do Empreendedor, em março, a maioria dos microempreendedores eram cabeleireiros, manicures e pedicures (66.937), profissionais da área de vestuário (641.346), de obras de alvenaria (358.053), de promoção de vendas (210.669) e de alimentação (218.946).

A maioria dos empreendedores tem entre 31 e 40 anos (mais de 2,5 milhões), seguidos por aqueles com idade entre 41 e 50 anos (1,9 milhão), entre 21 e 30 anos (1,7 milhão). Entre 51 e 60 anos, são 1,3 milhão. Os mais velhos (61 a 70 anos) são 446,1 mil. Entre 16 e 17 anos, há 575 jovens microempreendedores. E entre, 18 e 20 anos, 69,9 mil.

Fonte: Agência Brasil