Photo: Pixabay

The study “São Paulo – Profile and Opportunities for Exports and Investments – Machinery and Equipment 2019”, produced exclusively by Apex-Brasil, presents the potential export of the state of São Paulo regarding trade in goods and services, with emphasis on Machinery and Equipment. Access the study here.

In addition to providing an overview of the economy in São Paulo, the study identifies the scenario and opportunities for exporting state products, as well as the types of direct foreign investments made in that state.

The survey shows that, in matters of machinery and equipment, São Paulo accounts for more than half of the value of industrial transformation of the sector in the country. Segment exports totaled US$ 7.4 billion in 2018 and grew by an average of 9.4% per year between 2015 and 2018. The most attractive export subsectors are Earthmoving, Drilling; Tractors; Other Mechanical Machines, Apparatus and Instruments; Bearings and Gears; and Electric Generators and Transformers.

When it comes to services, the leading exporting companies indicate the predominance of multinationals in the financial and technology sectors, reinforcing the state as the main financial center and the most important information and communication technology hub in the country.

Source: Apex-Brasil

Estudo apresenta potencial exportador de máquinas e equipamentos no estado de São Paulo

O estudo “São Paulo – Perfil e Oportunidades de Exportações e Investimentos – Máquinas e Equipamentos 2019”, produzido com exclusividade pela Apex-Brasil, apresenta o potencial exportador do estado de São Paulo quanto ao comércio de bens e de serviços, com ênfase no complexo de Máquinas e Equipamentos. Acesse o estudo aqui.

Além de trazer um panorama geral da economia em São Paulo, o estudo identifica o cenário e oportunidades para exportação de produtos do estado, bem como os tipos de investimentos externos diretos feitos naquela unidade da federação.

O levantamento aponta que, em matéria de máquinas e equipamentos, São Paulo responde por mais da metade do valor da transformação industrial (VTI) do setor no país. As exportações do segmento totalizaram US$ 7,4 bilhões em 2018 e cresceram em média 9,4% ao ano entre 2015 e 2018. Os subsetores mais atrativos para exportações são Máquinas e Aparelhos de Terraplanagem, Perfuração; Tratores; Demais Máquinas, Aparelhos e Instrumentos Mecânicos; Rolamentos e Engrenagens; e Geradores e Transformadores Elétricos.

Já quando o assunto é serviços, as principais empresas exportadoras indicam o predomínio de multinacionais do setor financeiro e de tecnologia, reforçando o estado como o principal centro financeiro e o mais importante polo de tecnologia da informação e comunicação do país.

Fonte: Apex-Brasil