Photo: Apex-Brasil

Protocol of Intent between the two institutions foresees the adoption of joint efforts to attract innovation investments to Brazil and the insertion of innovative Brazilian companies in the global scenario.

The Brazilian Export and Investment Promotion Agency (Apex-Brasil) and the National Confederation of Industry (CNI) signed last week (29/11), during the event of the Committee of Leaders of Business Mobilization for Innovation (MEI), in São Paulo, a Protocol of Intent for joint promotion of actions focused on the innovation environment in the country. The Protocol provides for intensifying and expanding cooperation for the implementation of future actions in the areas of attracting innovation investments to Brazil; Global insertion of Brazilian companies through innovation and international business promotion.

“From 2015 onwards, there was an boom of technology-based entrepreneurial activity in Brazil. We went from 4,000 startups to over 12,000. An entirely new scenario is developing with great speed and, aware of this trend, Apex-Brasil wants to leverage its contribution. For this, this agreement with CNI is of fundamental importance ” said the president of Apex-Brasil, Sergio Segovia, during the event.

Segovia highlighted the great synergy that exists between the two institutions for project development and for jointly addressing the “cause” of innovation by fostering state-of-the-art practices and raising awareness of the growing importance of companies to pursue the virtuous cycle of innovation as a competitive differential in Brazil and abroad. “Apex is a major CNI partner in trade promotion. We have already worked hard in harmony. We will join efforts to attract investments to Brazil and to open markets,” said CNI President Robson Braga de Andrade.

The Protocol provides for initiatives such as: sharing information on innovation incentive instruments in force in Brazil and producing content to attract investments and reposition the Brazil brand; joint organization of national and international events of common interest; conducting immersions in order to increase investments in innovation in Brazil; data sharing, methodologies and relationship networks to enhance the results of programs coordinated by the two institutions, as well as actions to promote international business in Brazil and abroad.

Segovia also highlighted the role of the Committee of Leaders of Business Mobilization for Innovation (MEI): “Considering that a large part of MEI members are multinationals, we envision, through this new partnership, to explore, for example, the potential for rapprochement with Brazilian subsidiaries, in order to open doors for headquarters abroad, thus accelerating new investments in the country”, he concluded.

Source: Apex-Brasil

Apex-Brasil e CNI firmam parceria para promover inovação

Protocolo de Intenções entre as duas instituições prevê a adoção de esforços conjuntos para atração de investimentos em inovação para o Brasil e inserção de empresas brasileiras inovadoras no cenário global

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) firmaram na última semana (29/11), durante evento do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), em São Paulo, um Protocolo de Intenções para promoção conjunta de ações voltadas ao ambiente de inovação no país. O Protocolo prevê intensificar e ampliar a cooperação para implementação de ações futuras nas áreas de atração de investimentos em inovação para o Brasil; inserção global das empresas brasileiras via inovação e promoção internacional de negócios.

“De 2015 para cá, houve uma explosão da atividade empreendedora de base tecnológica no Brasil. Saímos de quatro mil startups para mais de 12 mil. Um cenário inteiramente novo está se desenhando com grande velocidade e, atenta a essa tendência, a Apex-Brasil quer potencializar a sua contribuição. Para isso, este acordo com a CNI é de fundamental importância”, afirmou o presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia, durante o evento.

Segovia destacou a grande sinergia que há entre as duas instituições para o desenvolvimento de projetos e para o atendimento conjunto da “causa” da inovação, com o fomento de práticas no estado da arte e sensibilização de um número cada vez maior de empresas para a importância de perseguir o ciclo virtuoso da inovação como diferencial competitivo, no Brasil e no exterior. “A Apex é uma grande parceira da CNI na promoção comercial. A gente já tem trabalhado muito em harmonia. Vamos unir esforços para atração de investimentos para o Brasil e para a abertura de mercados”, disse o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

O Protocolo prevê iniciativas como: compartilhamento de informações sobre instrumentos de incentivo à inovação vigentes no Brasil e produção de conteúdo para atração de investimentos e reposicionamento da marca Brasil; organização conjunta de eventos nacionais e internacionais de interesse comum; realização de imersões a fim de aumentar investimentos em inovação no Brasil; compartilhamento de dados, metodologias e redes de relacionamento para potencialização de resultados de programas coordenados pelas duas instituições e, ainda, ações de promoção de negócios internacionais no Brasil e no exterior.

Segovia também destacou o papel do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI): “Considerando que boa parte dos membros da MEI são multinacionais, vislumbramos, por meio dessa nova parceria, explorar, por exemplo, potencial de aproximação com as subsidiárias brasileiras, de modo a abrir portas para as matrizes no exterior acelerando, portanto, novos investimentos no país”, concluiu.

Fonte: Apex-Brasil