Photo: CBS

Statistics Netherlands (CBS) reports that, adjusted for court session days, there were 46 fewer corporate bankruptcies in December than in November 2019. The total number of businesses and institutions (excluding one-man businesses) filing for bankruptcy in 2019 stood at 3,208, i.e. 63 more than in 2018.

Trend fairly stable in recent years

Adjusted for court session days, the number of bankruptcies peaked in May 2013. This was followed by a downward trend until September 2017. The subsequent trend has been relatively stable. The number of bankruptcies reached the lowest level of this century in September 2018, after which ups and downs alternated.

Number of bankrupties in 2019 up by 2 percent year-on-year

Over the entire year 2019, a total of 3,208 bankruptcies were pronounced. This represents a year-on-year increase of 2 percent.

The number of bankruptcies peaked in 2013 at 8,376 and subsequently dropped for five consecutive years, by altogether over 62 percent, in line with economic growth in the Netherlands. In 2019, the number of bankruptcies increased slightly for the first time since 2014. Despite the rise, the number of bankruptcies is still relatively low. The number of bankruptcies in 2019 is the second lowest of this century.

Sharpest increase in the specialised business services sector

In absolute terms, the increase was most pronounced in specialised business services (including research and consulting firms); the total in that sector increased by 79, from 317 in 2018 to 396 in 2019. In relative terms as well, the increase was sharpest in specialised business services (25 percent). Furthermore, the number of bankruptcies rose year-on-year in the sectors trade, rentals and other business services, care and real estate activities. On the other hand, there was a decrease in the number of bankruptcies in 7 of the 13 sectors.

Just as in previous years, most bankruptcies were pronounced in the trade sector (730) in 2019. The number of bankruptcies in this sector rose by 43 year-on-year. Trade is among the sectors with the highest number of businesses.

Source: Statistics Netherlands

Holanda: em 2019, um número ligeiramente maior de falências do que em 2018

O escritório holandês de estatísticas Statistics Netherlands (CBS) relata que, ajustado para os dias das sessões judiciais, houve 46 menos falências corporativas em dezembro do que em novembro de 2019 na Holanda. O número total de empresas e instituições (excluindo as empresas individuais) que entraram com pedido de falência em 2019 foi de 3.208, ou seja, 63 a mais que em 2018.

Tendência bastante estável nos últimos anos

Ajustado para os dias da sessão judicial, o número de falências atingiu o pico em maio de 2013. Isso foi seguido por uma tendência de queda até setembro de 2017. A tendência subsequente foi relativamente estável. O número de falências atingiu o nível mais baixo deste século em setembro de 2018, após o que os altos e baixos se alternaram.

Número de falências em 2019 cresce 2% ano a ano

Ao longo de todo o ano de 2019, foram declaradas 3.208 falências. Isso representa um aumento de 2% em relação ao ano anterior.

O número de falências atingiu o pico em 2013 em 8.376 e, posteriormente, caiu por cinco anos consecutivos, mais de 62%, em linha com o crescimento econômico na Holanda. Em 2019, o número de falências aumentou ligeiramente pela primeira vez desde 2014. Apesar do aumento, o número de falências ainda é relativamente baixo. O número de falências em 2019 é o segundo mais baixo deste século.

Maior aumento no setor de serviços empresariais especializados

Em termos absolutos, o aumento foi mais pronunciado em serviços comerciais especializados (incluindo empresas de pesquisa e consultoria); o total nesse setor teve um aumento de 79, de 317 em 2018 para 396 em 2019. Também em termos relativos, o aumento foi mais acentuado em serviços de negócios especializados (25%). Além disso, o número de falências aumentou ano a ano nos setores de comércio, aluguel e outros serviços de negócios, assistência e atividades imobiliárias. Por outro lado, houve uma queda no número de falências em 7 dos 13 setores.

Assim como nos anos anteriores, a maioria das falências foi pronunciada no setor comercial (730) em 2019. O número de falências nesse setor teve um aumento de 43 na comparação anual. O comércio está entre os setores com o maior número de empresas.

Fonte: Statistics Netherlands