Port of Rio de Janeiro / Photo: Wikimedia Commons - CC 4.0

The biggest movements were containers and solid bulk

The Port of Rio de Janeiro handled 7.42 million tons of cargo last year, up 3.4% compared to 2018. According to data released last Friday (14), by the Planning Management of Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), the biggest increases were registered in the handling of containers and solid bulk, which rose 4.7% and 22.3% in tons, respectively. According to the CDRJ, the two types of cargo account for about 87% of the port’s total movement.

The balance reveals that in TEU (Twenty-foot Equivalent Unit), a standard measure used to calculate the volume of a container, the Port of Rio de Janeiro handled 370,257 TEU, an expansion of 6.5%. According to CDRJ, the main feature of import and export in full container was maintained, in long-distance navigation. Each TEU is equivalent to 20 feet. A TEU represents the cargo capacity of a normal marine container, 20 feet long, eight meters wide and eight meters high.

Highlights

The data obtained show that the ICTSI Rio Terminal (International Container Terminal Services) handled 1.76 million tons of cargo in containers in 2019, which means a result 13.8% higher than that registered in the previous year. The result was leveraged by the 44.57% increase in units in the import of cabotage from ICTSI Rio. ICTSI is a global port management company based in Manila, Philippines, which won a judicial auction last year to purchase the old Libra Terminal Rio.

Companhia Docas also highlighted the good performance of Triunfo Logística, with total handling of 2.4 million tons in 2019, an increase of 9.4% in relation to 2018. The main cargo handled by Triunfo was pig iron, with 1 , 4 million tonnes last year.

Source: Agência Brasil

Porto do Rio de Janeiro movimentou 7,42 milhões de toneladas em 2019

Maiores movimentações foram de contêineres e granéis sólidos

O Porto do Rio de Janeiro movimentou, no ano passado, 7,42 milhões de toneladas de cargas, alta de 3,4% em comparação a 2018. De acordo com dados divulgados na última sexta-feira (14), pela Gerência de Planejamento de Negócios da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), as maiores altas foram registradas na movimentação de contêineres e de granéis sólidos, que subiu 4,7% e 22,3% em toneladas, respectivamente. Segundo a CDRJ, os dois tipos de carga somam cerca de 87% da movimentação total do porto.

O balanço revela que em TEU, do inglês Twenty-foot Equivalent Unit, medida padrão utilizada para calcular o volume de um contêiner, o Porto do Rio de Janeiro movimentou 370.257 TEU, expansão de 6,5%. Segundo a CDRJ, foi mantida a característica principal de importação e exportação em contêiner cheio, na navegação de longo curso. Cada TEU equivale a 20 pés. Um TEU representa a capacidade de carga de um contêiner marítimo normal, de 20 pés de comprimento, por oito metros de largura e oito metros de altura.

Destaques

Os dados apurados mostram que o Terminal ICTSI Rio (International Container Terminal Services) movimentou 1,76 milhão de toneladas de carga em contêineres em 2019, o que significa resultado 13,8% superior ao registrado no ano anterior. O resultado foi alavancado pelo aumento de 44,57% em unidades na importação de cabotagem da ICTSI Rio. A ICTSI é uma empresa global de gerenciamento de portos com sede em Manila, Filipinas, que venceu leilão judicial no ano passado para compra da antiga Libra Terminal Rio.

A Companhia Docas destacou ainda o bom desempenho da Triunfo Logística, com movimentação total de 2,4 milhões de toneladas em 2019, aumento de 9,4% em relação a 2018. A principal carga movimentada pela Triunfo foi o ferro-gusa, com 1,4 milhão de toneladas no ano passado.

Fonte: Agência Brasil