Photo: Pixabay

On account of the COVID-19 crisis, in April 2020 producer confidence plummeted to its lowest level since the start of the producer confidence survey in 1985. Confidence among Dutch manufacturers has recovered slightly in May and now stands at -25.1, up from -28.7 in April, as reported today by Statistics Netherlands (CBS). This was mainly due to improved expectations on future output.

The long-term average over the past two decades is 0.6. Producer confidence reached an all-time high (10.9) in February 2018 and reached an all-time low (-28.7) in April 2020. Pessimism prevails among Dutch manufacturers since April 2020.

Opinions on future output less negative

Dutch manufacturers have never been more negative about their future output than in April. In May, expectations have improved but are still at the second lowest level ever. Manufacturers are also slightly less negative about their stocks of finished products, while their opinions on the order position deteriorated further. 

All component indicators of producer confidence are negative. Manufacturers who anticipate output decline over the next three months outnumber those expecting output growth. More manufacturers consider their order position to be weak rather than strong, given the time of year. There are more manufacturers who define their current stocks of finished products as too large rather than too small.

Producer confidence slightly less negative in most sectors

In most sectors of the industry, producer confidence is less negative than it was in April, particularly in the transport equipment industry. Entrepreneurs in the electrotechnical products and machinery industry were the least negative. However, confidence levels in the food, beverages and tobacco industry as well as in the paper and printing industry deteriorated further.

Manufacturing output 2.5 percent down in March

In March 2020, the average daily output generated by the Dutch manufacturing industry was 2.5 percent down on March 2019. Output showed a year-on-year decrease of 1.3 percent in the preceding month.

Source: Statistics Netherlands

Holanda: Confiança do produtor tem leve recuperação

Devido à crise do COVID-19, em abril de 2020, a confiança do produtor caiu para o nível mais baixo desde o início da pesquisa de confiança do produtor em 1985. A confiança entre os fabricantes holandeses se recuperou levemente em maio e agora está em -25,1, em comparação com -28,7 em abril, conforme relatado ontem (28) pela Statistics Netherlands (CBS). Isso ocorreu principalmente devido à melhor expectativa sobre a produção futura.

A média de longo prazo nas últimas duas décadas é de 0,6. A confiança do produtor alcançou o nível mais alto de todos os tempos (10,9) em fevereiro de 2018 e o nível mais baixo de todos os tempos (-28,7) em abril de 2020. O pessimismo prevalece entre os fabricantes holandeses desde abril de 2020.

Opiniões sobre resultados futuros menos negativas

Os fabricantes holandeses nunca foram tão negativos quanto a sua produção futura do que em abril. Em maio, as expectativas melhoraram, mas ainda estão no segundo nível mais baixo de todos os tempos. Os fabricantes também estão um pouco menos negativos em relação a seus estoques de produtos acabados, enquanto suas opiniões sobre as perspectivas de vendas se deterioram ainda mais.

Todos os indicadores componentes da confiança do produtor são negativos. Os fabricantes que prevêem queda na produção nos próximos três meses superam os que esperam crescimento da produção. Mais fabricantes consideram sua perspectiva de venda mais fraca do que forte, dada a época do ano. Existem mais fabricantes que definem seus estoques atuais de produtos acabados como muito grandes e não muito pequenos.

Confiança do produtor um pouco menos negativa na maioria dos setores

Na maioria dos setores da indústria, a confiança do produtor é menos negativa do que em abril, principalmente na indústria de equipamentos de transporte. Os empresários do setor de produtos e máquinas eletrotécnicos foram os menos negativos. No entanto, os níveis de confiança na indústria de alimentos, bebidas e tabaco, bem como na indústria de papel e impressão, deterioraram-se ainda mais.

Produção industrial cai 2,5% em março

Em março de 2020, a produção média diária gerada pela indústria manufatureira holandesa caiu 2,5% em março de 2019. A produção mostrou uma queda de 1,3% em relação ao ano anterior no mês anterior.

Fonte: Statistics Netherlands