Image: European Commission

According to the European Innovation Scoreboard 2020, the Netherlands is one of the top 5 innovation leaders in Europe

The 2020 European Innovation Scoreboard of the EU commission shows that the Netherlands steadily belongs in the top 5 Innovation Leaders in Europe. With the Netherlands ranking fourth, after Sweden, Denmark, and Finland, the top is similar to last year. Luxembourg completes the top five of EU Innovation Leaders. The scoreboard shows that EU’s innovation performance continues to improve, surpassing the United States for the second year.

Encouraging innovation

According to the European Innovation Scoreboard 2020, the Netherlands is ranking high across all dimensions. With strongest dimensions being innovation-friendly environment and public-private co-publications. This is not a surprise, as the innovation-friendly business environment is one of the top priorities of the Dutch government. Moreover, strategic partnerships between science, industry and government are highly encouraged.

Highly educated, skilled, and flexible talent pool

The Innovation Scoreboard indicates additional high scores for the Netherlands on the dimensions of Foreign doctorate students, International scientific co-publications, and Lifelong learning. As the Netherlands is home to 14 universities, 34 universities of personal education and a variety of specialized training facilities, making it an one of the top 10 education systems in the world. As a result, international talent is attracted to study and work in the Netherlands.

From the Delft University of Technology – a top 20 university for engineering and technology – to Wageningen University – one of the top three global agri-food universities, to the Technical University of Eindhoven, considered the third most influential for scientific research in Europe – Dutch institutions offer businesses a highly educated, skilled, and flexible talent pool.

In conclusion, the Netherlands’ highly educated, English-speaking workforce and accessible government provide companies with the knowledge and resources they need. The Netherlands is a true hub for innovation. In fact, the European R&D location of major companies like Philips, IBM, Mars, SABIC, Huawei and Unilever are situated in the Netherlands. Resulting in the Netherlands as the 2nd highest number of patent applications per million inhabitants in Europe.

European Innovation Scoreboard

The EIS demonstrates the EU’s and Member States commitment towards research and innovation. It also supports the development of policies to enhance innovation in Europe and inform policy makers in a rapidly changing evolving global context. The innovation performance is measured using 27 performance indicators, distinguishing between ten innovation dimensions in four main categories. For full definitions of all performance indicators and contextual indicators, find the accompanying EIS 2020 Methodology Report here.

Source: NFIA

Painel Europeu da Inovação classifica a Holanda como líder em inovação

De acordo com o Painel Europeu da Inovação 2020, a Holanda é um dos 5 principais líderes de inovação na Europa

O Painel Europeu da Inovação para 2020 da comissão da UE mostra que a Holanda está constantemente entre os 5 principais líderes de inovação na Europa. Com a Holanda em quarto lugar, depois da Suécia, Dinamarca e Finlândia, o topo do ranking é semelhante ao do ano passado. Luxemburgo completa os cinco principais líderes da UE em inovação. O resultado mostra que o desempenho da inovação da UE continua melhorando, superando os Estados Unidos pelo segundo ano.

Incentivando a inovação

De acordo com o Painel Europeu da Inovação 2020, os Países Baixos têm uma classificação elevada em todos os quesitos. Os mais fortes são ambiente favorável à inovação e co-publicações público-privadas. Isso não é uma surpresa, pois o ambiente de negócios favorável à inovação é uma das principais prioridades do governo holandês. Além disso, parcerias estratégicas entre ciência, indústria e governo são altamente incentivadas.

Profissionais altamente qualificados e flexíveis

O Painel de Inovação indica altas pontuações adicionais para os Países Baixos nas dimensões de estudantes estrangeiros de doutorado, co-publicações científicas internacionais e aprendizagem ao longo da vida. Como a Holanda abriga 14 universidades, 34 universidades de educação pessoal e uma variedade de instalações de treinamento especializadas, é um dos 10 principais sistemas de ensino do mundo. Como resultado, o talento internacional é atraído para estudar e trabalhar na Holanda.

Da Universidade de Tecnologia de Delft – uma das 20 melhores universidades de engenharia e tecnologia – à Universidade de Wageningen – uma das três principais universidades globais de alimentos agroalimentares, à Universidade Técnica de Eindhoven, considerada a terceira mais influente para a pesquisa científica na Europa – As instituições oferecem às empresas um pool de talentos altamente educado, qualificado e flexível.

Em conclusão, a força de trabalho altamente qualificada e de língua inglesa da Holanda e o governo acessível fornecem às empresas o conhecimento e os recursos de que precisam. A Holanda é um verdadeiro centro de inovação. Os escritórios europeus de P&D de grandes empresas como Philips, IBM, Mars, SABIC, Huawei e Unilever estão localizados na Holanda. Isso faz com que a Holanda apareça como o segundo maior local com número de pedidos de patente por milhão de habitantes na Europa.

Painel Europeu da Inovação

O EIA demonstra o compromisso da UE e dos Estados-Membros em pesquisa e inovação. Também apóia o desenvolvimento de políticas para aprimorar a inovação na Europa e informar os formuladores de políticas em um contexto global em rápida evolução. O desempenho da inovação é medido usando 27 indicadores de desempenho, distinguindo entre dez dimensões da inovação em quatro categorias principais. Para obter definições completas de todos os indicadores de desempenho e indicadores contextuais, encontre o Relatório de Metodologia do EIS 2020 aqui.

Fonte: NFIA